quarta-feira, 27 de abril de 2011

A ARTE DE SABER MULTIPLICAR

Oi gente, como estão? Todos bem? Claro que sim!!!! 
Querem ver imagens inspiradoras?  Mas antes disto quero falar uma coisa com vocês, dentre as muitas imagens de decoração que passeiam pelos nossos olhos, percebemos que algumas tem   objetos que se multiplicam, isto é um recurso técnico, mas porquê usá-lo?
 O objeto pode ser simples, mas quando ganha a companhia de seus iguais revela altivez e singularidade. Chamamos essa repetição de  ritmo e acrescentamos o movimento, que são as diferenças sutis, assim o cenário não fica cansativo.




Na simplicidade da tela que se repete quatro vezes, o  elemento mutante é a cor da sombra das folhas. O ritmo está na tela o movimento nas cores diferentes.


Flores em simples garrafas de vidro fazem um lindo centro de mesa. O movimento fica por conta das diferenças nas  garrafas.



Esta imagem é de uma mostra Morar Mais Por Menos e o recurso de repetição usado foi a  luminária sobre a mesa. Uma peça relativamente barata em que o valor agregado foi o croche executado sobre ela e a repetição. As sutis diferenças no croche dão o movimento esperado.




Um ambiente em que a cor forte deixa o destaque exatamente para os elementos repetidos.


Uma andorinha só não faz verão.


Um exemplo simples de repetição, elementos da natureza igualmente emoldurados. Vejam que o olhar dança de um quadro à outro.


Mais um recurso de arranjo floral.


Prateleiras simetricamente colocadas também causam o mesmo efeito, não há neste caso diferenças porque a idéia principal é de acentuar a horizontalidade do ambiente, e não destacar pela repetição.


A arte também pode ter ritmo e movimento.


Existem peças que precisam dos pares para criar identidade.


Parecem iguais mas as flores por serem naturais têm sua própria personalidade.




Eu usei este recurso sobre o balcão da churrasqueira, são três globos de vidro simples comprados numa demolidora, a montagem foi feita para pendentes e a peça central é um pouco maior que das extremidades, acrescentando assim o movimento esperado.


Várias molduras simples pintadas numa única cor também fazem parte deste recurso. A beleza está na simplicidade.

A ordem é ter bom senso, ou seja, jamais use este recurso para peças que sozinha já sejam um destaque.

Espero que vocês tenham gostado!
Beijos.



A  idéia desta postagem surgiu de uma reportagem da Revista Claudia de março/2002.
As imagens estão sem crédito pois estavam no meu arquivo, se alguma for sua ou se você souber a fonte,me diga.

18 comentários:

Mateus Monteiro. disse...

Amei amei esse recurso, ainda não havia reparado bem nisso!
Achei muito legal, principalmente o seu balcão da churraqueira.
Beijos!

http://acaixaeseussegredos.blogspot.com/

Maria Célia disse...

Oi Margarete, boa tarde
É claro que gostei, todas as imagens foram muito bem selecionadas. Gostei especialmente da sua área de churrasqueira, muito fofa, de muito bom gosto, um charme.
Bjo

KARLA disse...

ADOREI AS FOTOS!! USEI ELEMENTOS DE REPETIÇÃO SOBRE A MESA DA MINHA SALA. POSTEI A FOTO NO MEU BLOG. O TÍTULO É: ARTE EM CASA. AH... TB ENSINEI A FAZE-LA. XERO E VALEU POR ESSA LINDA DICA.

DaniMoreno disse...

Marga querida! Como vc está?!
Me encantei MUITO pelo primeiro quarto e por aquela parede com chapéus!!!

beijinho, amore!!

RetroMomentos disse...

Ótimo post!!! ;)

Luciana Macêdo disse...

Iséias inspiradoras, com a repetição de elementos temos a "impressão" que as superfícies são mais longas, mais comprimdas. Um ótio recurso.
Bjs!

achadosdaliedaqui.blogspot.com

Fernanda Iasi disse...

Adorei a primeira foto, adoro azul turqueza,aliás uso muito com verde-musgo, acho o máximo! Bjo

Tereza Ramos disse...

Oi Margarete, acabei de conhecer seu blog e adorei as dicas, mas me encantei mesmo foi com os quadros da natureza emoldurados.
Um abraço.
Tereza

Fabiana Tardochi disse...

Oi minha linda!
Acabei de descobrir o porquê de gostar tanto de objetos aos pares, trios ou quartetos...sou movida a ritmo e movimento, e gosto realmente muito disso.
Acho um recurso muito interessante para se decorar.
Imagens lindíssimas desse post.
Beijos

Marion disse...

Olá, Margarete! Amei o tema do post. Gosto de coisas repetidas, mas não sabia da teoria que tinha por trás... O meu post de hoje tem o título inspirado num coment teu, de novo! ... Abs.

Madame K disse...

Amei...adoro esses recursos!!!
Bjinsss!!!

Jacque disse...

Lindas idéias ! E sua foto nova do perfil tb !

Beijo

Elizangela disse...

Ei Margareth!! Sempre estou aprendendo com você!!!
E realmente prestei atenção e as coisas repetidas ganham mais movimento quando diferem em alguma coisa!! É como se dançassem!!!
Amei o post!!!
Beijos

fatti___ disse...

oi Margareth! tudo bem querida, sim claro tudo bem né...

vim agradecer por seu carinho e tb a dica na cor pra eu usar, ontem conheci seu blog através de um post da Marion, eu gostei muito daqui e comecei a te seguir tb linkei seu blog ao meu para saber de tudo sobre seus trabalhos.
tenho certeza de que aprenderei muito sobre decoração com vc amada

bjinhus e carinhos pra ti,e muito obrigada mais uma vez por sua dica , é muito importante para mim.

fatti___

Liliana Nuñez disse...

Oi Margareth, conheci teu blog há pouco tempo e já estou perdidamente apaixonada por ele. Também gosto muito de decoração mas não entendo nada de tendências, cores, luminosidade ou movimento. Tuas postagens são maravilhosas e esclarecedoras. Esta então sobre movimento foi fantástica. Obrigado por repartir conosco teus conhecimentos e inspirações.
Um beijo carinhoso
Lili

Regina disse...

Realmente nada é por acaso em decoração. Todo recurso usado busca um resultado. Gosto muito desse recurso quando usado em paisagismo também.
Um ótimo final de semana pra você amiga.

Vania disse...

Amei esse post didático sobre decoração, design de interiores e explica muitas coisas, acho que vou olhar as fotos sobre esse assunto com outros olhos..
bjos

Anita disse...

Oiee, adorei esse post. Já gostava e usava esse recurso, sem saber dos detalhes técnicos da coisa. Adorei aprender. Quero te agradecer ao convite de vir aqui comer um bolinho na semana passada, viu? Na hora que li o comment até me emocionei. Mas não dava nem pra visitar, estava muito pra baixo, mas graças a vocês, tô reagindo, bjssssss.